Comentários sobre a Conferência de Marc Angenot

É verdade dizer que ideologias de diversos tipos existem a tempos antes do início da pandemia de covid-19 que atingiu o planeta no final do ano de 2019 e que ainda tem consequências presentes no ano atual de 2022, porém não foi só na área da saúde que esta veio influenciar nosso cotidiano, foi possível notar que durante estes anos epidêmicos houve uma ressurgência de discursos conspiracionistas, populistas, anti-democráticos, discursos estes que não são novos e exclusivos do contexto atual, mas que foram destacados e alimentados pela insegurança causada pela doença.

Na quinta conferência realizada durante o Ciclo de Conferências sobre Análise do Discurso Digital, promovido pelo grupo TEAR (Teorias de Argumentação e Retórica), o ilustre professor, historiador das ideias, Marc Angenot comenta sobre a ascensão de ideologias conspiracionistas de teor paranóico, o populismo, comunitarismo, a vitimologia e a crise de autoridade e como estas se expressam nesta condição única do momento e em outros períodos e movimento na história do ocidente.

Pensando na conspiração como um movimento onde se acredita que um evento  indesejado seja causado por ações secretas de um grupo interessado somente nos resultados desse evento, é possível perceber que esse tipo de lógica tem sido empregada em diversos momentos da história mundial, professor Marc cita alguns desses momentos como o movimento anti-maçons na frança de 1880 pré primeira guerra mundial, o anti-semitismo encontrado no livro de Hitler para justificar a crise pós primeira guerra na Alemanha. Esses movimentos têm como característica principal o uso dessa lógica conspiracionista e da criação de um “Bode Expiatório”, explicado por René Girard em seu livro de mesmo nome, para sua popularização e justificativa de eventos de escala global. Na atualidade pandêmica pode-se perceber o uso dessa lógica em movimentos anti-vacinas, na volta do discurso fascita e populista na política.

Um dos pontos importantes feito por Marc Angenot foi sobre a crise de autoridade, não somente da figura de autoridade políticas, mas de materiais e do discurso científico. No âmbito da crise de autoridade política deve se ressaltar o visível crescimento da polarização tanto discursiva quanto dos ideais defendidos. A aproximação discursiva dos extremos tanto da direita quanto da esquerda vem acontecendo em cada vez mais países, porém para acrescentar ao que foi discutido pelo professor, essa polarização e descrença na figura de autoridade não ocorre somente pela pandemia, mas sim também pela crise do sistema neo-liberal, no artigo “From Puerta del Sol to Wall Street”, o autor Alain Bihr, mostra que a crise do capitalismo moderno vem da aplicação obstinada de políticas neoliberais, portanto, essa crise de autoridade não é somente um fruto de decisões anteriores ao evento da pandemia e também não é exclusiva ao mesmo. Questionado ao final da conferência sobre o papel da internet neste momento pandêmico nesta polarização política, o professor ressalta que esta não é de agora exemplificando com o que foi o início desse sistema de esquerda e direita que foram os jacobinos e os girondinos na França, mas mostra que a internet está de certa forma contribuindo para essa nova reorganização da topografia política.

No caso da crise do discurso de autoridade científica, pode-se perceber que surgem movimentos durante a pandemia que questionam a validade e veracidade de pesquisas e materiais científicos como os anti-vaccine nos Estados Unidos que depois, pelo advento da internet e seu imediatismo de compartilhamento de informações, chegam em outros países. Esses movimentos vem para questionar produções científicas tomando para si informações falsas que são difundidas facilmente na internet e que acabam tomando proporções estrondosas e atraindo seguidores no mundo todo, seguidores estes que não as questionam porque muitas vezes essas informações falsas vem para reforçar suas opiniões individuais pré formadas, porém estes com “material de pesquisa” nas mãos vem em confronto direto ao fatos e teorias científicas que ao contrário dos conspiracionistas apoiados em fake news, tem o método científico como base de estudos e elaboração de teorias.

Considerando que todos as ideologias antes marginais e agora postas em destaque pela pandemia, que foram foram abordadas pelo professor Marc Angenot ainda estão muito atuais e não mostram sinais de cerceamento, a conferência se mostra extremamente importante para estudiosos que queiram ir a fundo nos seus impactos e mudanças do statu quo, da política ,do pensamento e argumentação da sociedade ocidental atual.

Resenhista: Luka Faria Borges

Referência: ANGENOT, Marc. TEAR Convida Conferência 5: Marc Angenot – As consequências da pandemia nas ideologias. Youtube, 11 de março de 2022. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=loEyPbYir8o&ab_channel=GrupoTear >.

Um comentário em “Comentários sobre a Conferência de Marc Angenot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: